Das perguntas à experiência: Um caminho de observação do brincar de crianças na África do Sul

PALESTRA + WORKSHOP:

OBJETIVO

O workshop pretende compartilhar a construção de um caminho de observação sobre o brincar em uma comunidade sul africana de idioma Xhosa convidando os educadores a refletir sobre o brincar livre como expressão e criação da criança.

Está inclusão também a palestra:

“Ndiphilile” Eu estou vivo!

Esta palestra tem como objetivo compartilhar a experiência de trabalho durante seis meses em um jardim de infância de Pedagogia Waldorf situado na maior favela da cidade do cabo na África do Sul. Através de um panorama geral sobre a comunidade, o contexto escolar e a cultura Xhosa dialogar sobre o significado da Pedagogia Waldorf estar inserida nos diferentes âmbitos sociais.

DOCENTES
SANDRA ECKSHMIDT

DATAS
25 , 26 e 27 de setembro

HORÁRIOS

Sexta de 20h às 22h

Sábado de 9h às 12h e de 14h às 18h

Domingo de 9h às 12h

PÚBLICO ALVO
Interessados em geral

CARGA HORÁRIA
12h

INVESTIMENTO
R$ 315,00

LOCAL
Escola Waldorf Rudolf Steiner
Rua Job Lane, 900 | Alto da Boa Vista
São Paulo | SP

PARA SE INSCREVER:
Acesse http://www.idwaldorf.com.br/site/services/das-perguntas-a-experiencia-um-caminho-de-observacao-do-br…

13º Festival Internacional Intercâmbio de Linguagens

O FIL é o apelido do Festival Internacional Intercâmbio de Linguagens. Um festival que mistura linguagens e públicos: do teatro ao circo contemporâneo , da sétima arte a dança, e coisas que ainda não tem nome. Lírico e popular, onírico e real, tradicional e up to date, nacional e estrangeiro, o FIL é um festival que traz um pouquinho de tudo, para todo o mundo.

A 13ª edição do Festival acontece de 24 de setembro a 04 de outubro de 2015, em vários espaços do Rio de Janeiro.

Confira toda a programação no site: www.fil.art.br
O FIL é patrocinado pela Petrobras, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e Oi.

ESPETÁCULOS INTERNACIONAIS
– Bounce! (França)
– Philémon e Baucis, ópera para marionetes (Canadá)
– As Aventuras de Alvin Sputnik – Explorador do Mar Profundo (Austrália)
– O Snap (Holanda)
– Os Bosques que dormem (Canadá)
– Tetris (Holanda)
– Ópera para secador de cabelos (França)
– Creation (Dinamarca)
– Fascinado por Maçãs (Brasil / Dinamarca)
– Ludwig/2 (Brasil/Alemanha)

ESPETÁCULOS NACIONAIS
– O Flautista de Hamelin (Brasil/ Rio do Sul)
– As Aventuras do Menino Iogue (Brasil/ Rio de Janeiro)
– Cantata Sinfonieta Braguinha (Brasil/Rio de Janeiro)
– A Borralheira, uma opereta brasileira (Brasil/Rio de Janeiro)
– FIL Vocal (Brasil/Rio de Janeiro)
– Simbad, o Navegante (Brasil/ São Paulo)
– O Edredom (Brasil/Rio de Janeiro)
– Fadas Magrinhas (Brasil/Recife)
– Lançamento do CD – Farra dos Brinquedos (Brasil/Rio de Janeiro)

CRIAÇÕES FIL
– Cabaré Excêntrico FIL (Brasil/Rio de Janeiro)
– Flash Mob FIL Vocal

FIL SÉTIMA ARTE
– Mostra Pequeno Cineasta
– Mostra Imagens em Movimento
– Mostra ComKids

ATIVIDADES FORMATIVAS
– Oficina de Brinquedos Cantados e Brinquedos Ritmados
– Oficina Andrea Jabor – Experiências extraordinárias para pais e bebês
– Baby FIL Jam Session
– Oficina de Percussão – Fadas Magrinhas
– CartograFIL
– No Pátio Brincando

APOSTAS FIL (PROCESSOS DE CRIAÇÃO ABERTOS AO PUBLICO)
– Apresentação do projeto: Juro que Vi (Brasil / França)
– Apresentação do projeto: Benjamin (Brasil / França)
– Trijollie (Canadá / Brasil)

FIL CONEXÕES PROFISSIONAIS
– Palestra Lydia Hortélio – A criança nova… a criança eterna
– Ciclo de Encontros – O teatro para o público jovem na França, Quebec e Bélgica: 45 anos de evolução e questionamento
– Leitura de Texto de Grettel e Hansel e Encontro com Suzanne Lebeau (Canadá / Brasil)
-Mesa-redonda – O Cinema e a Criança
– Mesa-redonda – FIL de todas as cores

Programação completa e locais em: http://fil.art.br/assets/pdf/FIL-Programacao-2015-v2.pdf

1ª Semana do Brincar na Periferia

1ª Semana do Brincar na Periferia
De 22 a 26 de Setembro de 2015

Formação, debates e trocas de experiências sobre o brincar na periferia.

Programação:

22/09 – terça-feira
10h às 13h- Exibição do filme “Território do brincar” e bate-papo com Raquel Franzim, integante da equipe de educação e cultura da infância do Instituto Alana.

14h às 17h – Oficina: “Brincadeiras de Menino” – com Blec Paulo, Músico e professor de música no projeto OCA em Carapicuíba e no projeto Pró-Saber em Paraisópolis.

23/09 – quarta-feira
10h às 13h – Roda de Conversa: Brincar na Periferia – com Irene Quintáns, Arquiteta e Urbanista, fundadora da rede OCARA e Vice-Presidente da IPA Brasil e Guilherme Teixeira, Artista Plástico e coordenador artístico-pedagógico no Programa Fábricas de Cultura, da Secretaria de Estado da Cultura

14h30 às 17h30 – Oficina: “Cultura Infantil, música tradicional da infância” com Lucilene Silva – Coordenadora do centro de estudos e Irradiação de Cultura Infantil da OCA – Escola de Cultura – Carapicuiba – SP

19h30 – Encontro da Rede de Educadores Brincantes da Zona Sul

24/09 – quinta-feira
10h às 13h – Oficina: “Menu de Risco: Sobre o Risco, o Medo e o Brincar” – com Artistas-educadores do Programa de iniciação artística – PIÁ- da Prefeitura da cidade de São Paulo

14h às 17h – Oficina: “Brinquedos e Brincadeiras”- com Ana Maria Carvalho, mestre Griô, fundadora do Grupo Cupuaçú, educadora do Instituto Brincante e atriz do Teatro Ventoforte

25/09 – sexta-feira
10h às 12h – Brincando com Convidados – com Bloco do Beco – Oficina de brincadeiras para crianças

14h às 16h – Brincando com Convidados – com Brincantes Urbanos – Oficina de brincadeiras para crianças

26/09 – sábado
13h às 16h Intervenção – com Caravana Lúdica de Jogos do Mundo – Jogos dos cinco continentes de todos os tempos.

17h30 – Teatro – com The Pambazos Bros.

Por favor, confirmar presença nas atividades pelo e-mail:
aquiqueagentebrinca@gmail.com

Organização: Aqui que a gente brinca!

Terá certificado para os participantes.

TODA PROGRAMAÇÃO É GRATUITA E APOIADA PELO PROGRAMA VAI – SECRETARIA DE CULTURA DA CIDADE DE SÃO PAULO

Quando tudo começa

Um retrato realista e emocionante das alegrias, descobertas e desafios que fazem parte da primeira infância. Depoimentos de famílias e especialistas sobre a importância do cuidado atencioso e carinhoso nos primeiros anos de vida das crianças.

Seis episódios aos domingos, no canal Discovery Home & Health, às 10h25.
Estreia domingo, 13 de setembro, às 10h25.

Reprises:
Segunda-feira, às 12h45.
De terça-feira para quarta-feira, à meia noite.
Quinta-feira, às 13h15.

II Seminário A Criança e sua Participação na Cidade

O II Seminário A Criança e Sua Participação na Cidade tem como objetivo estimular o debate sobre a importância da inclusão das crianças na construção de uma cidade participativa, democrática, cidadã e voltada para a promoção da qualidade de vida de seus moradores, além de servir como instrumentalização para práticas de participação infantil.

O evento será realizado nos dias 11 e 12/09, em parceria com a Biblioteca Parque Estadual, localizada no centro do Rio de Janeiro, com atividades que envolvem adultos e crianças em reflexões e práticas sobre a participação infantil.

As atividades planejadas privilegiam a participação das crianças. Para promover o debate de forma ampla e diversa estão na programação diferentes grupos sociais, representantes de algumas regiões do país, experiências internacionais, especialistas no tema que compõem a Rede Nacional Primeira Infância e seu GT Participação Infantil, além dos finalistas e jurados do Prêmio Nacional de Participação infantil.

O seminário será dedicado a crianças, entre 3 a 11 anos, estudantes de escolas públicas, privadas e/ou participantes de projetos sociais, assim como a adultos especialistas e interessados no tema da participação infantil, professores e representantes do poder público da cidade do Rio e de instituições parceiras interessadas no tema. Adolescentes também são bem-vindos.

http://seminariocriancaesuaparticipacao.blogspot.com.br/p/2-seminario-crianca-e-sua-participacao.htm…

Cores da Paz pelas crianças do Brasil

AS CORES DA PAZ PELAS CRIANÇAS DO BRASIL foi um projeto de paz para crianças através da arte, que acontece sob o nome “KID´S GUERNICA” em diferentes lugares do mundo com a finalidade de criar pinturas em tecido sobre o tema da paz, nas mesmas dimensões do “Guernica” de Picasso, 1937 (3,5 m. de altura x 7.8 m. de largura) (um protesto contra a brutalidade do bombardeio na cidade de Guernica durante a guerra civil da Espanha).

O principal
objetivo do
projeto no
Brasil foi
o de
incentivar ações
e reflexões
voltadas para
a PAZ,
considerando que
a primeira
infância é
o berço
para iniciar
tais iniciativas.

Promovemos oficinas
com educadores,
vivências lúdicas,
artísticas e
corporais com
especialistas com
representantes de
40 organizações.
Na sequência
estes educadores
levaram a
proposta para
suas instituições,
com o
intuito
de:
 1
– Promover
a interação
e o
convívio das
crianças com
todas as
formas de
arte e
a criação
de ambientes
intencionalmente organizados,
que enfatizem
valores ligados
à construção
de uma
cultura de
paz;
 2
– Oportunizar
a interação
com objetos
da cultura
que,
em seu
uso social,
expressem o
anseio coletivo
por valores
de uma
sociedade mais
justa e
solidária;
 3
– Participar
da divulgação
da cultura
de paz,
desenvolvendo uma
atitude de
cooperação,
de coletividade
e de
solidariedade entre
educadores e
crianças.
Em parceria
com o
Sesc,
o metrô
de São
Paulo e
Unesco,
o projeto
teve algumas
das expressões
coletivas dos
diferentes grupos
infantis expostas
em uma
estação de
metrô para
que estas
obras dialogassem
com o
público sobre
não violência
e Cultura
de Paz.

._IMG_638__IMG_640__IMG_642__IMG_644__IMG_646__IMG_648__IMG_650__IMG_652_

Dia de Rádio na Rádio

“Dia de Rádio na Rádio” tem a proposta de disseminar a questão da comunicação para crianças e jovens e estimular a criação de conteúdo para posterior veiculação. É uma vivência de 2 horas – das 10 às 12 horas – na primeira sexta de cada mês: uma visita às dependências da Rádio Pérola da Serra, iniciativa comunitária com 12 anos de história e atuação na cidade de Ribeirão Pires e região do ABC paulista, e dinâmicas lúdicas para a gravação de áudios. No mesmo dia, o material captado vai ao ar no programa ARTE DE PIÁ.

Interessados em participar podem fazer contato através do e-mail projetooficinativa@hotmail.com.

O programa ARTE DE PIÁ, integrante do projeto AfroEscola Radiofônica, acontece sempre na primeira sexta-feira de cada mês, das 12 às 13 horas, na Rádio Pérola da Serra de Ribeirão Pires. Quem estiver na cidade, pode sintonizar os 87,5 FM ou também www.radioperoladaserrafm.com.br (para outras partes do planeta).

As melhores e piores grandes cidades para criar seus filhos

Elevadas taxas de violência, custo de vida nas alturas e baixo índice de qualidade de vida. Parte das grandes cidades brasileiras exibe uma porção de características que conspiram contra a possibilidade de educar filhos de uma maneira tranquila.

Mas as cidades que encabeçam a lista que você vê a seguir fogem desta sina. Florianópolis, primeira do ranking elaborado pela Delta Economics & Finance com exclusividade para EXAME.com, é uma prova disso.

Com quase meio milhão de habitantes, a cidade tem o terceiro maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDHM) do Brasil, que mensura a renda, longevidade e educação de uma dada população. No extremo oposto está o munícipio de Santarém, no Pará. Com um IDHM considerado médio, a cidade teve as piores pontuações nos oito critérios analisados.

Para chegar ao ranking, foram consideradas 48 variáveis que medem as condições que cada cidade oferece para o desenvolvimento de uma criança ou adolescente como infraestrutura de saúde, taxas de longevidade, educação e segurança pública (veja quadro anexo e a metodologia completa).

No entanto, das 100 cidades com mais de 260 mil habitantes analisadas, nenhuma conseguiu conquistar, no mínimo, 80% dos pontos possíveis. Para se ter uma ideia, a nota final de Florianópolis foi 36,52 – apenas 76% do total de pontos possíveis.

O problema para alguns municípios analisados foi a falta de políticas públicas voltadas para mulheres ou a elaboração da Agenda 21 local – fato que rendeu zero no quesito governança para nove municípios.

Fonte: EXAME
http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/as-melhores-e-piores-cidades-do-pais-para-criar-seus-filho…

Como a vida das crianças brasileiras mudou em 2 décadas

São Paulo – Eles são 59,7 milhões de pessoas – o equivalente à população do Chile e da Argentina juntas – e hoje têm condições de vida melhores do que as que seus pais e avós experimentaram quando crianças.

A maior parte das crianças brasileiras frequenta a escola, brinca e recebe tratamento médico, mas ainda há muitos que são abandonados pelos pais e esperam por uma nova família e, mesmo, os que morrem assassinados antes de completar a maioridade.

Navegue pelas fotos e veja uma seleção de dados que mostram quem são as crianças e adolescentes brasileiros e como eles vivem. Parte dos números foi retirado do relatório ECA-25 anos, publicado nesta semana pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

O documento mostra o que mudou na vida dos jovens brasileiros desde a aprovação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), há exatos 25 anos.

Outros dados são de órgãos como o Conselho Nacional de Justiça e de pesquisas como a Retratos da Leitura no Brasil, do Instituto Pró-Livro.

Fonte: EXAME
http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/como-e-a-vida-de-criancas-e-adolescentes-no-pais-em-numero…