13/01/2020

Confira quatro complicações das varizes

Suas varizes andam lhe tirando o sono? Quer saber se as varizes podem se complicar?Então, confira abaixo tudo isso e muito mais coisas sobre as varizes.

Dor, inchaço, sensação de peso, dormência… são só alguns dos muitos sintomas causados pelas varizes, que são veias tortuosas, dilatadas e que perderam a sua principal função, de facilitar o fluxo sanguíneo.

As varizes, na verdade, muito além de apenas causarem danos estéticos, elas prejudicam a circulação, por isso, devem ser tratadas, evitando possíveis complicações.

Na verdade, as principais complicações das varizes surgem, justamente, pela falta da devida atenção à doença.

Por isso, é fundamental que, ao menor indício dos sintomas mais comuns, que são dor, inchaço, sensação de peso e cansaço nas pernas, o paciente procure o mais rapidamente possível a ajuda de um médico para avaliar o caso e indicar o melhor tratamento, mas o Varigold Funciona muito bem para quem sofrendo com as dores causadas pelas varizes, caso você não tem condições de comprar o varigold, recomendo que veja as dicas

Infelizmente, as pessoas se preocupam mais com o lado estético, e acham que escondendo o problema por baixo de uma roupa já resolvem tudo.

Na verdade, ao ignorar o problema e não procurar o tratamento adequado, a saúde pode ser colocada em risco, dando chance para possíveis complicações das varizes, como:

  1. Insuficiência venosa crônica

É mais comum surgir em mulheres com idade mais avançada, geralmente, relacionada  ao número de gestações, obesidade e histórico familiar.

Alguns dos principais sintomas observados nessa condição são dores, coceira, formigamento, queimação, fadiga, cãibras musculares, inchaço e sensação de peso.

  1. Úlceras venosas

As úlceras venosas são feridas abertas que exigem cuidado especializado, causam muita dor e são muito difíceis de curar, e surgem, geralmente, como consequência do agravamento da insuficiência venosa crônica.

Quem sofre com o problema, deve continuar cuidando e acompanhando após o tratamento, para evitar que as úlceras retornem.

  1. Tromboflebite superficial

Em alguns casos pode se desenvolver nas veias das pernas e coxas um ‘trombo’, um coágulo sanguíneo, que entope a passagem do sangue. que é quando acontece a trombose.

Embora não sejam tão comuns, pode acontecer de um pequeno coágulo se desprender e correr pela circulação até chegar ao pulmão, causando a Embolia Pulmonar, cujos sintomas são dor no peito, tosse, cansaço, falta inesperada de ar e, em casos mais graves, levar à óbito.

  1. Dermatite ocre

Dermatite ocre é quando o sangue acumulado nas veias extravasa, manchando a pele das pernas com uma coloração acastanhada, semelhante à ferrugem, daí o nome dermatite ocre.

Essa cor é devido à presença de ferro nos glóbulos vermelhos, que se rompem, liberando hemoglobina e alterando a coloração da pele da região.